terça-feira, 31 de março de 2009

Segurança na Internet

Segurança na Internet é um assunto que vem merecendo cada vez mais atenção do público em geral uma vez que hoje em dia, atacar e invadir computadores pessoais conectados na rede mundial não é apenas peraltice de adolescente "rebelde sem causa" mas também ação organizada de quadrilhas de fraudadores e estelionatários.
Se proteger no "mundo virtual" pode ser um pouco trabalhoso, mas é importante para evitar transtornos maiores. Algumas dicas sempre são úteis:
1- Saia usando Logout, Sair ou equivalente
Muita gente simplesmente sai do site fechando a janela do navegador de internet ou entrando em outro endereço. Isso é arriscado, pois o site não recebeu a instrução de encerrar seu acesso naquele momento e alguém mal-intencionado pode abrir o navegador de internet e acessar as informações de sua conta.

2 - Crie senhas difíceis de serem descobertas
Não utilize senhas fáceis de serem descobertas, como nome de parentes, data de aniversário, placa do carro, etc. Dê preferência a seqüências que misturam letras e números

3 - Mude a sua senha periodicamente
Além de criar senhas difíceis de serem descobertas, é essencial mudá-las periodicamente, a cada três meses, pelo menos.

4 - Use navegadores diferentes
Se ainda assim preferir utilizar o Internet Explorer, use um navegador alternativo nos sites que você considerar suspeitos (páginas que abrem muitas janelas, por exemplo).

5 - Cuidado com downloads
Se você usa programas de compartilhamento de arquivos, como eMule, ou costuma obter arquivos de sites especializados em downloads, fique atento ao que baixar. Ao término do download, verifique se o arquivo não possui alguma coisa estranha, por exemplo, mais de uma extensão (como cazuza.mp3.exe), tamanho muito pequeno ou informações de descrição suspeitas, pois muitos vírus e outras pragas se passam por arquivos de áudio, vídeo e outros para enganar o usuário. Além disso, sempre examine o arquivo baixado com um antivírus.
Também tome cuidado com sites que pedem para você instalar programas para continuar a navegar ou para usufruir de algum serviço.

6 - Atente-se ao usar Windows Live Messenger, Google Talk, AIM, Yahoo! Messenger, entre outros
É comum encontrar vírus que exploram serviços de mensagens instantâneas, tais como o Windows Live Messenger (antigo MSN Messenger), Yahoo! Messenger, entre outros. Essas pragas são capazes de, durante uma conversa com um contato, emitir mensagens automáticas que contém links para vírus ou outros programas maliciosos.
Mesmo durante uma conversa, se receber um link que não estava esperando, pergunte ao contato se, de fato, ele o enviou. Se ele negar, não clique no link e avise-o de que seu computador pode estar com um vírus.



7 - Cuidado com e-mails falsos


Recebeu um e-mail dizendo que você tem uma dívida com uma empresa de telefonia ou afirmando que um de seus documentos está ilegal, como mostra a imagem abaixo?
Ou, ainda, a mensagem te oferece prêmios ou cartões virtuais de amor? Te intima para uma audiência judicial? Contém uma suposta notícia importante sobre uma personalidade famosa? É provável que se trate de um scam, ou seja, um e-mail falso. Acesse o link abaixo para saber como lidar com e-mails falsos:





8 - Evite sites de conteúdo duvidoso
Muitos sites contêm em suas páginas scripts capazes de explorar falhas do navegador de internet, principalmente do Internet Explorer. Por isso, evite navegar em sites de conteúdo hacker ou que tenham qualquer conteúdo duvidoso.


9 - Cuidado com anexos de e-mail
Essa é uma das instruções mais antigas, mesmo assim, o e-mail ainda é uma das principais formas de disseminação de vírus. Tome cuidado ao receber mensagens que te pedem para abrir o arquivo anexo, principalmente se o e-mail veio de alguém que você não conhece



10 - Atualize seu antivírus e seu antispyware
Muita gente pensa que basta instalar um antivírus para o seu computador estar protegido, mas não é bem assim. É necessário atualizá-lo regularmente, do contrário, o antivírus não saberá da existência de vírus novos. Além disso, use um antispyware com freqüência para tirar arquivos e programas maliciosos de seu computador. Uma boa opção é o Spybot. Assim como o antivírus, o antispyware também deve ser atualizado para que este conheça pragas novas.

Finalizando
Se proteger no "mundo virtual" pode ser um pouco trabalhoso, mas é importante para evitar transtornos maiores. A maioria dos golpes e das "ciladas" pode ser evitada se o usuário estiver atento, por isso é recomendável praticar as dicas mencionadas aqui. Se quiser ir mais a fundo, o InfoWester possui outras matérias que lidam com segurança.


Uma reportagem da tv Cultura em 1990 mostra como foi o primeiro vírus a infectar computadores no Brasil.
O curioso é que, para evitar a ação do virus em computadores já infectados; simplesmente deixar de usá-lo no dia 6 de março (isso à 19 anos atrás).







3 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns pelas informações, aproveitei as dicas, até previsão do tempo, muito legal e informativo.Grande abraço Tio


Fornitani.

Equipe Galhardo disse...

A Equipe Galhardo agradece mais esse prestigio da turma do trânsito; Leandro, Gustavo e Marcos.

Professor Delamare disse...

Estas informações são muito importantes e as dicas nos esclarecem mais sobre alguns perigos. Gostei muito das dicasl. Parabéns!