20 de novembro - Consciência Negra

A igualdade é o vínculo mais sólido do amor.


Cinema na Educação

Foi abordado o tema Preconceito e reflexão da igualdade racial, respeitando as diferenças com a apresentação do filme Mãos Talentosas, que é um exemplo de perseverança e vitória, um verdadeiro exemplo de vida!

O jovem Ben Carson não tinha muita chance. Tendo crescido em um lar desfeito e em meio à pobreza e ao preconceito, suas notas eram baixas e seu temperamento inflamado. No entanto, sua mãe nunca perdeu a fé em seu filho. Ela insistiu para que ele seguisse as oportunidades que ela nunca teve, ajudou-o a expandir sua imaginação, sua inteligência e, acima de tudo, sua crença em si mesmo. Essa fé seria seu dom – a essência que o levaria a perseguir seu sonho de tornar-se um dos mais importantes neurocirurgiões do mundo.


Nome Original: Gifted Hands: The Ben Carson Story
Direção: Thomas Carter
Lançamento: 2009





Os alunos dos 4ºs anos J,K,L e M puderam contemplar a história de Ben Carson como tudo começou.


Resumo do filme: Mãos Talentosas
Alunos do 4º Ano J - Professora Rosangela

Mãos Talentosas conta a história de superação de dificuldade a partir do apoio de uma devotada mãe. Bem Carson era um menino pobre de Detroit que tirava nota baixa na escola e que enfrentava preconceito, mas, sua mãe nunca perdeu a fé em seu filho.
Ela insistiu para que ele não perdesse as oportunidades que ela nunca teve assim conseguindo tornar seu sonho em realidade que era se tornar um médico.
Aos 33 anos ele se tornou o diretor do Centro de Neurologia
Pediátrica de um hospital.
Em 1.987, ele alcançou renome mundial por seu desempenho bem sucedido numa cirurgia de separação de dois gêmeos unidos pela parte posterior da cabeça.
Esse filme é um exemplo de vida para todos e que nada é impossível.




























Resumo do filme: Mãos Talentosas
Alunos do 4º Ano M - Professora Solange

VIDA DE BEN CARSON

Neurocirurgião mundialmente conhecido
Ben Carson morava com sua mãe e seu irmão. Sua mãe era analfabeta e trabalhava como empregada doméstica e babá.

A situação financeira da família de Ben Carson não era muito boa, e sua mãe guardava o dinheiro que ganhava no trabalho para comprar as coisas que faltavam em sua casa.
Quando Ben Carson era criança não gostava muito de estudar, e seus colegas o chamavam de burro.
Um dia sua mãe chegou em casa e disse que era pro Ben e seu irmão escolherem somente dois programas na televisão, por semana. O resto do tempo, eles teriam que ir a biblioteca pegar dois livros, e no final de semana teriam que fazer um resumo e dar para sua mãe.

A partir daí, Bem começou a se interessar pela leitura e melhorar na escola.
Ben achou uma rocha, na rua e foi pesquisar sobre ela na biblioteca.
Um dia na aula, seu professor perguntou se alguém sabia o que era uma pedra, como Bem tinha estudado sobre essa pedra falou tudo o que sabia sobre ela. Depois seu professor o chamou para conversar. Ben achou que ele ia xingar, mas não, ele deu os parabéns para Ben, pois ele acertou tudo.
Na sua formatura de 8ª série Ben ganhou um diploma de melhor aluno. Antes de se sentar, uma professora o descriminou por ser negro, não ter pai e ser pobre. Sua mãe não gostou nada disso, nem os outros professores. Então, sua mãe resolveu mudar Ben de escola.

Ben mudou de escola e suas amizades também mudaram. Seu novo “amigo”, disse para ele comprar uma faca e ele comprou achando que seria bom ter uma faca guardada. Essa má companhia começou a atrapalhar a vida de Bem. Ele começou a ficar diferente, violento, e quase acabou machucando alguém com essa faca. Depois disso ele percebeu que sua vida estava ficando ruim e voltou a ser o que era antes, largando essa má companhia.

Quando Ben cresceu, ele queria se tornar neurocirurgião. Estudou muito e conseguiu se formar.
Um dia, quando Bem ainda era médico residente chegou ao hospital um homem que tinha sofrido um acidente. No hospital não tinha ninguém para atendê-lo, então Ben teve que salvar sua vida. Como Ben era médico residente não podia ter feito essa cirurgia. Depois, um outro médico o chamou para dizer que ele não podia ter feito essa cirurgia, mas estava de parabéns.

Depois disso, Ben Carson terminou o seu estágio e começou a trabalhar.
Ben teve que operar uma menina que tinha convulsão. Ele estudou muito e a cirurgia foi um sucesso.
Passado algum, tempo Ben teve que fazer uma cirurgia para separar dois gêmeos siameses cranianos. Mais uma vez Ben teve que estudar para fazer essa cirurgia e mais uma vez deu tudo certo.
Ben se tornou um neurocirurgião famoso, conhecido por todo o mundo.


O que eu aprendi com o filme “Mãos Talentosas”.
Alunos do 4º Ano M - Professora Solange

Eu aprendi que...

• Ler é muito bom para a gente saber escrever as palavras, aprender sobre muitas coisas.
• Leitura é ótima para nossa vida, porque tudo que a gente faz depende da leitura.
• Leitura é muito boa, não só para o raciocínio como muitas outras coisas.
• Aprender a tabuada é importante porque assim nós não iremos ficar com tantas dificuldades na hora de fazer as contas.

• Tabuada não é tão difícil como nós pensamos é só se esforçar bastante.
• Não devemos assistir muita televisão. Devemos escolher apenas alguns programas porque se não, estaremos perdendo muito tempo que poderíamos estar estudando.
• Quando estamos assistindo televisão o tempo passa muito rápido e ao invés de nós estarmos gastando o nosso tempo a gente pode estar fazendo uma tarefa ou uma pesquisa.


• Devemos ter boas amizades para não nos prejudicarmos.

• A má companhia leva você para um lugar que não é bom.
• Amizade é tudo de bom, mas nós temos que saber escolher.
Não se deve ser preconceituoso porque os negros são também pessoas iguais a gente.


A cor da pele não quer dizer nada. O que importa mesmo é querermos crescer na vida.


• Devemos nos esforçar para chegar onde pretendemos.

• Tudo que você faz e não está conseguindo é preciso se esforçar e acreditar em si mesmo.
• Devemos estudar sempre para ter notas melhores.

• Não é só porque você já saiu da escola que não precisa mais estudar; nós temos que estudar sempre.

• Que a família deve nos incentivar.


• É importante o apoio da família para que as pessoas ganharem confiança.

Conclusão

Com o filme eu aprendi coisas muito importantes como, o esforço, acreditar em nós mesmos, não desistir dos nossos sonhos, não seguir o mau caminho e maus exemplos.
Aprendemos lições para usarmos hoje e no nosso futuro.
Mostrou também que a cor da pele não significa nada, o que vale é o caráter o estudo para conseguir alcançar nossos objetivos.


_____________________________________________________________


Poema 

Os alunos do 4º Ano K da Professora Vera, trabalharam pesquisas na internet sobre poemas com o tema, Consciência Negra, e o que mais despertou a curiosidade dos alunos foi o poema NEGRO que fala sobre racismo, descriminação e entre outros assuntos, que além das aulas de informática se expandiram também para demais disciplinas.

Temas: NEGRO
Consciência negra

Chega de racismo
De história mal contada
Chega de hipocrisia
De mentira esfarrapada
Esse preconceito infeliz
Que por aí diz
Que negro não vale nada.
O negro também precisa
Ser privilegiado
Chega de arrogância
Branco tenha cuidado
Com o preconceito em alta
Pois quem muito se exalta
É sempre humilhado.
Preto, branco e mulato
Vamos nos unir
O preconceito é horrível
E não é para existir
Já que todos somos irmãos
Essa grande nação
Espalhada por aí.

A consciência negra
Quer exatamente
Provar que somos iguais
E não diferentes
São lutas populares
Como as de Zumbi dos Palmares
Que morreu pela sua gente.

É preciso desde já
Com amor todo gentil
Acabar com o preconceito
E ver em nosso Brasil
O negro sorrindo tanto
Como a Daiane dos Santos,
Pelé e Gilberto Gil.

_____________________________________________________________



Texto coletivo 


Alunos do 1º Ano B - Professora Raphaela


Consciência Negra

Não podemos brigar.
Não podemos xingar.
Não pode ter racismo nem preconceito.
Temos que ser amigos de todos.
Devemos brincar com todos.
Não importa a cor da pele, do corpo ou do cabelo.
Ninguém é diferente de ninguém.
Devemos amar a todos!



Alunos do 2º Ano D - Professora Denise

Os negros do Brasil


Os negros vieram como escravos.
Eles, com sua lingua, seus costumes, sua culinária, sua religião.
Assim foram conquistando seu espaço, merecendo o nosso respeito e admiração.


Alunos do 3º Ano F - Professora Shirley


O lutador de Capoeira

Era uma vez um menino negro que lutava capoeira para se defender dos inimigos.
Certo dia apareceu uma turma de meninos brancos e tentaram agredi-lo, mas como o negrinho era muito bom de capoeira, conseguiu se defender e escapar. No outro dia os meninos voltaram com os homens armados.
O negrinho levou um tiro na perna e se fingiu de morto. Então os homens brancos o jogaram de um penhasco e foram embora, mas o menino caiu em um lago e conseguiu se salvar, pois ele nadava muito bem.
O menino viu Nossa Senhora Aparecida que o protegeu e curou sua perna. Ele estava saindo do lago quando viu um quilombo.
No quilombo ele fez muito amigos e ensinou os outros escravos a lutar capoeira. Ficou morando lá e foi muito feliz porque tinha proteção de Nossa Senhora Aparecida



Alunos do 5º Ano N - Professora Sônia

A luta pela liberdade.

A luta dos nossos irmãos negros iniciou um desafio para todo o Brasil, justificando em boa parte da situação da população negra, escrava no país.
No dia 20 de novembro no Brasil comemoramos o dia nacional da Consciência Negra.
A data foi escolhida devido à morte de um líder negro chamado Zumbi dos Palmares.
Zumbi dos palmares tem esse nome porque ele lutou pelo seu povo, para libertá-los da escravidão, aqueles que fugiam eram levados para o Quilombo dos Palmares.
Zumbi dos palmares em 1695 comprovou que ser um exemplo para toda sociedade brasileira pela luta e libertação de muitos irmãos negros e que com esse movimento procura lembrar e conscientizar nesta data a resistência do negro á escravidão de forma em geral.
Zumbi morreu lutando pelos negros, foi morto e esquartejado se tornando um herói.
Hoje, no Brasil, ainda existe muito preconceito com as pessoas negras e de outras raças também, mas já diminuiu.
Temos até um líder negro que um presidente da republica nos Estados Unidos: Barack Obama.
A lembrança do líder negro Zumbi dos Palmares, serve como guia para todos os que lutam por justiça e liberdade.

Alunos do 5º Ano R - Professora Vânia

Somos todos iguais


Brasil! Mistura de raças!
No dia da Consciência Negra devemos refletir e compreender que somos todos iguais.
Entendemos que o preconceito é uma injustiça que não deve acontecer. Cada pessoa tem que respeitar a outra sendo ela da maneira que for: branca, negra, baixa, gorda, alta, etc.
Na opinião de nossa sala, depois de muita conversa foi possível concluir que todo ser humano merece respeito, pois vivemos em um país livre, Brasil!


Alunos do 5º Ano P - Professora Vânia

Dia da Consciência Negra

Todos da nossa sala (5ºP) conversamos, pensamos e entendemos que esse dia é muito importante para todos os brasileiros. É necessário que as pessoas mudem de atitude, pois todo homem independente deraça, religião, etc., são iguais e merecem respeito e todos têm seus direitos e deveres a cumprir.
A data criada para lembrar Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares que queria ver seu povo livre e em paz. Grande homem da historia do Brasil.
Agora somos pequenos, mas quando adulto formos teremos uma mentalidade melhor para termos atitudes corretas, sem fazer uso do preconceito.


Alunos do 5º Ano O - Professora Érika

Dia Nacional da Consciência Negra

No dia 20 de Novembro, comemoramos o Dia Nacional da Consciência Negra. Esse dia não foi escolhido
por acaso! Essa data é uma homenagem a Zumbi, líder do Quilombo de Palmares. 

Zumbi era um guerreiro, que lutava por liberdade! Ele acreditava que todos somos iguais e temos os mesmos direitos. Infelizmente os homens de sua época não pensavam isso. Eles só queriam ter lucro com a escravidão, e não tratavam o negro com dignidade.
A escravidão acabou, mas para nossa tristeza, o preconceito ainda não teve fim para algumas pessoas tolas, que se esquecem que nosso Brasil nasceu da mistura de várias raças.
Então, por que o preconceito?



Culinária Afro - Brasileira


Alunos do 2º Ano E - Professora Adriane

Acarajé

Feito com feijão moído e camarão seco.

 
 
 
 
 
   
Vatapá

Purê feito com pão molhado, camarão seco e azeite de dendê.





Abará


Feito com feijão fradinho, camarão e azeite de dendê. É cozido na folha de bananeira.



Caruru


Feito com quiabo cozido e camarão.




Quibebe


Feito com purê de abóbora.

 
 
 
 
 
Feijoada


Feito com feijão e pedaços de carne de porco.




Canjica


Feito com grão de milho, leite e mel.


 
 
 
 
Paçoca


Feito com amendoim torrado, acuar e sal.

 
 
 
 
 
 
 
Cocada


Reúne coco ralado, leite e açúcar.





Os alunos do 2º Ano E da Professora Adriane acompanharam de pertinho a confecção da Paçoca.








Receita da Paçoca

Ingredientes:
  • Meio Quilo de amendoin torrado (sem sal e sem pele)
  • 2 xícaras de açucar
  • 1/2 xícara de farinha de mandioca
  • 1 colher de café de sal
Modo de fazer:

  • Coloque o amendoim, a farinha e o açucar no pilão
  • Soque até ficar uma pasta
  • No final coloque o sal e misture.

Comentário sobre a confecção da Paçoca

Precisa de bastante força para socar. E a paçoca ficou muito gostosa.
Estefani


Gostei de saber que a paçoca é uma receita africana.
Yasmin


Livro: O Menino Marrom

Alunos do 2º Ano E - Professora Adriane





A história é sobre os meninos: Menino - marrom e Menino cor-de-rosa. Eles eram muito amigos, brincavam, estudavam, inventavam coisa, conversavam, liam e brigavam, brigavam muito.
Mesmo sendo de cores diferentes isso não atrapalhava a amizade que durou a vida toda.



Desenhos
Alunos do 4º Ano L - Professora Ana Lucia













As mascaras africanas
Alunos do 2º Ano Q - Professora Rita


A máscara é a forma mais conhecida da arte africana, as mascaras têm um papel sagrado em sua representação. Elas podem ser criadas para garantir boas colheitas, para identificar famílias ou clãs, para casamentos, nascimentos e funerais.
Para os africanos, uma masca protege quem a carrega.
A maioria das mascaram africanas é feita de madeira assimétrica e distorcida. Muitos escultores utilizam tintas extraídas de folhas, frutos e até mesmo da terra para pintar as máscaras.



M anifestação artística da
Á frica, que tem papel
S agrado e social. Usadas em
C erimônias, casamentos, colheitas...
A rte africana mais conhecida
R ealizada em madeira, com forma
A ssimétrica e colorida.


Música

Alunos do 5º Ano O - Professora Érika

Essa música foi trabalhada com o 5º ano O, para mostrar através do teclado do piano, como a "harmonia" depende da junção do ébano e do marfim e sendo assim, no cotidiano, precisamos uns dos outros em harmonia para que tenhamos um mundo melhor!









Pesquisa na Internet sobre o dia 20 de novembro


Alunos do 4º Ano L - Professora Ana Lúcia



Você sabia? 

Alunos do 3º Ano I - Professora Léa Maria

 Que o dia nacional da Consciência Negra, celebrado no dia 20 de novembro no Brasil é dedicado a reflexão sobre o negro na sociedade brasileira?

Que a data foi escolhida por coincidir com o dia da morte do Zumbi dos Palmares em 1695?

Que esse dia procura ser uma data para se lembrar da resistencia do negro a escravidão desde o primeiro transporte forçado de africanos para o sólo brasileiro em 1594?

Que a discriminação racial é proibido?

Que no Quilombo dos Palhares não havia escolas como hoje?

Que aprendiam vendo e emitando os adulto?

Que escrever não era preciso, ninguém se comunicava por escrito, se quisessem mandar um recado para longe, ai por tambores?

Que Zumbi foi criado por um padre, foi coroinha e que aprendeu a ler e a escrever, aprendeu até falar Latim?

Que o nome do Zumbi era Francisco?

Que trocou o nome quando chegou a Palmares?

Que Ganga Zumbi foi traido, lhe deram vinho envenenado?

Que Soares, um dos homens de Zumbi, foi obrigado a dizer onde ele se escondia e foi obrigado a mata-lo e  esse acontecimento se deu na manhã de 20 de novembro de 1695?

Que esse dia é celebrado desde a data de 1960, embora só tenha ampliado seus eventos nos ultimos dias?

Que no dia 13 de maio de 1888 houve a abolição da escravatura, pela princesa Isabel?


Trabalhos de Informática
Depoimento dos alunos

Alunos do 5º Ano N - Professora Sônia

Fazer os trabalhos nas aulas de informática foi muito interessante, fizemos pesquisas de diversas modalidades como: história, pesquisas de imagens, fizemos textos e desenhos.
Para isso contamos com a ajuda da mediadora Suelen Viana Fabricio dos Santos que nos ajudou a desenvolver de forma satisfatória.
Agradecemos a colaboração das professoras dadas no decorrer deste ano pelo nosso desempenho.

Alunas
Agnes e Camila












18 comentários:

Maria Laura e Silas 5º ano V disse...

Parabéns aos alunos do 4º ano J pela criatividade. Achei muito interessante essa historia.

Anny Rebeca e Fabricio 3º ano N Escola Fernando Alencar Pinto disse...

Achamos muito interessante o texto dos alunos do 3º ano F porque conta uma historia vida mutio bonita dos negros.Parabéns aos alunos!

Equipe Galhardo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Equipe Galhardo disse...

De mais eu achei swou eles trabalham muito bem estão de parabéns.


Rayane helena da costa do 4ano L.

Equipe Galhardo disse...

Eu gostei muito dos desenhos da sala do 4º L da porfessora Ana Lúcia de Oliveira. Gostei muito dos desenhos, estão de parabéns..


Fernanda Gabrielli Gabriel Monteiro 4º ano L...

GABRIEL VITOR 5º ANO U ESCOLA FERNANDO ALENCAR PINTO disse...

EU GOSTEI DOS SEUS TRABALHOS FOI MUITO LEGAL TODOS PARABÉNS

KAILAYNE 2º ANO J E WALACE 3º ANO M ESCOLA FERNANDO ALENCAR PINTO disse...

LEGAL E BONITO E ADORAMOS

Bárbara e Daiane 4º ano s. Fernando Alencar Pinto disse...

Eu gostei dos desenhos e esta bem criativo

Equipe Galhardo disse...

o blog da escola galhardo é muito legal o seu trabalho por que mostra tudo o que acontece na escola.
E tabém o filme Mãos Talentosas é muito legal por que ensina que não devemos ser rasista com as pessoas negras.

Equipe Galhardo disse...

Eu gostei muito dos seus trabalho todos voces tão de parabens

Luan do 4º Ano J

Equipe Galhardo disse...

Parabéns aos alunos da Escola Galhardo pela participação na comemoração do "Dia da Consciência Negra"
Profª Solange Kodel

Lila Vanzella disse...

Parabéns,pelo trabalho Equipe Galhardo! Foi possível visualizar o trabalho com as diferentes áreas de conhecimento, as diferentes linguagens. Não asssiti, ainda, ao filme Mãos Talentosas. Gostei da dica. Vou assistir. Crianças os textos e desenhos estão incríveis.

Marcilene disse...

PARABÉNS a toda Equipe Galhardo pelos belos e significativos trabalhos desenvolvidos sobre o Dia da Consciência Negra!!! Com certeza os alunos apreenderam conhecimentos para a VIDA.
Beijos carinhosos a todos!!!!

Equipe João Roberto disse...

Os trabalhos desenvolvidos pelos os alunos foram significativos e proveitosos para todos que acessam este blog.
A interação com os alunos neste dia é um diferencial, pois o que foi postado mostra o trabalho que envolve várias pessoas.
O dia de hoje foi um início para a interação de todas as escolas da rede postando comentários e opiniões de seus trabalhos realizados em sala de aula.

Todos estão de PARABENS!!!

Mediador de Informática Cleiton Fabricio

EDUARDO E GABRIEL 2º ANO K ESCOLA FERNANDO ALENCAR PINTO. disse...

NOS GOSTAMOS DO SEUS DESENHO MUITO BEM.

THAYS 2º ANO K ESCOLA FERNANDO ALENCAR PINTO disse...

NÓS ADORANMOS O SEU TRABALHO BEIJOS THAYS 2 ANO K ESCOLA
GUARATINGUETÁ.

PAULO E IGOR. disse...

EU ADOREI O DESENHO TOMARA QUE
CONTINUE ASSIM,

Escola Doce Lar da Criança disse...

Parabens ao grupo, e aos alunos que fizeram os trabalhos.

Muito Bom!!!